Em um documento publicado recentemente, pesquisadores do Facebook, especializados em Inteligência Artificial detalham seus esforços para treinar um robô a enteder expressões faciais das pessoas durante uma conversa.

Os pesquisadores utilizaram vídeos do Youtube com pessoas conversando através do Skype, para treinar os robôs.

A pesquisa não estava focada em diferenciar um rosto feliz de um rosto triste, mas sim pequenos padrões de expressões. Esses padrões muitas vezes são chamados de micro-expressões que são produzidas por todo mundo, mesmo que os rostos pareçam muito diferente.

Ao aprender tais padrões, os sistemas podiam prever quais expresões pareciam mais humanas. Os pesquisadores testaram as novas habilidades dos robôs, usando seres humanos, os quais eram perguntandos se as expressões apresentadas pelos robôs eram parecidas com as dos seres humanos.

A não ser que o Facebook esteja investindo secretamente em andróides ou ginóides, acredita-se que entre as aplicações possíveis para esta tecnologia, podemos citar a realidade virtual, no entanto os pesquisadores não apontaram quais seriam os propósitos para esta pesquisa.

O Facebook tem feito grandes investimentos em aplicações sociais para realidade virtual, incluindo o Facebook Spaces, o qual permite que os participantes interajam  com os avatares de outros usuários em um ambiente virtual.

Agora é aguardar para ver o que vai acontecer!

Fonte: Mashable


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: